Cabelo rastafári: inspirações, dicas e cuidados diários

Interessada no cabelo rastafári? Quer saber mais sobre sua origem, como realizar e até mesmo os melhores cuidados para manter? Veio ao lugar certo! Fique com a gente porque vamos contar por aqui tudo o que você precisa saber!

Cabelo rastafári e sua origem

A verdade é que o termo “cabelo rastafári” não é considerado o mais correto. Ou seja, o nome apropriado para o estilo de cabelo a qual nos referimos neste texto é dreadlock, que nasceu muito antes do movimento rastafári. Entretanto, falaremos sobre a origem dos dreads mais a frente. O movimento rastafári, por sua vez, nasceu na Jamaica nos anos 30 e conferia a Haile Selassie, último imperador da Etiópia, o título de messias. Grande parte dos seguidores da religião rastafári utilizavam dreadlocks e foram responsáveis por popularizar o estilo de cabelo, entre eles, o cantor Bob Marley. Para eles, o uso do estilo representa, além da aproximação com a cultura africana, uma fronte religiosa que conecta os cabelos, com o corpo e o espírito.

Diferença entre cabelo rastafári e dreadlock

Como vimos anteriormente, muitos adeptos a religião rastafári possuem dreadlocks, entretanto, nem todas as pessoas que usam dreadlocks são rastafaris. Isso porque os dreads foram utilizados por povos na África e Índia milhares de anos antes e representam a herança cultural de diversas tribos. Ou seja, a maneira certa a se referir ao penteado é dreadlock ou dreads e não cabelo rastafári, ok?

Como fazer cabelo rastafári

É possível realizar dreadlocks com cabelo natural, sintético ou lã. Para fazer com o cabelo natural é usada uma agulha de crochet e um pente de aço que juntos trabalham desfiando e embaraçando os cabelos em um formato tubular. A cera de abelha ou outros tipos de materiais podem ser usados para finalizar os dreads, porém, nem todos os especialistas no penteado são adeptos. Esse modelo é permanente e só pode ser tirado das madeixas através do corte. O procedimento com o cabelo sintético é praticamente o mesmo, porém, ao invés do cabelo natural, usa-se cabelos feitos de fibra de plástico para preencher os dreads. A duração é de até um ano. Os de lá são trançados junto com o cabelo e envoltos pelo material, podendo ser realizado com diferentes cores, porém, duram apenas três meses.

Cuidados com o cabelo rastafári

Alguns dos principais cuidados com os dreadlocks são: lavar ao menos duas vezes por semana com um shampoo de limpeza profunda, não aplicar nenhum tipo de creme na raiz e jamais dormir com os dreads molhados, o mesmo serve para o caso de prendê-los. Ou seja, certifique-se de secá-los sempre muito bem. Uma outra dica é apostar na hidratação para cabelos crespos ou cacheados antes de fazer os dreads e depois de tirá-los para manter os fios sempre saudáveis.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre o cabelo rastafári, ou melhor, os dreadlocks? Então conta tudo aqui nos comentários! Se você também gosta de tranças, clique e confira a matéria super bacana que preparamos para você!

Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia