Tudo que você precisa saber sobre a extensão de cabelo indiano

Com uma textura bastante similar a do cabelo brasileiro, o cabelo indiano é um dos mais buscados por mulheres que desejam alongar os fios usando extensões naturais. Além de ser um dos melhores do mercado, esse tipo de fio é super versátil e também apresenta um ótimo custo-benefício.

Considerada uma “máquina de fazer cabelos”, a Índia – que fica no continente Asiático – é a maior fornecedora de cabelos humano do mundo. Isso porque, no país, há um ritual tradicional no qual as mulheres esperam os fios crescerem para rasparem a cabeça em templos hinduístas como forma de agradecimento.

Os cabelos arrecadados pelos templos são comercializados para a indústria de perucas e de apliques e parte do valor arrecadado é investido nessas comunidades. Em apenas um dos templos indianos, pelo menos 50 mil pessoas por dia vão ao local para rasparem suas cabeças – ou seja, é MUITO cabelo!

Então, se você está pensando em alongar as madeixas, mas ainda não conhece as características do cabelo indiano, confira tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de fio que é um dos mais populares nos salões de beleza!

Características do cabelo indiano

Muita gente não sabe, mas os indianos têm uma genética muito mais Caucasiana do que Negroide ou Asiática, o que significa que a maioria da população do país asiático tem fios pouco espessos, que costumam ser lisos ou levemente ondulados e, em alguns casos mais raros, podem ser cacheados ou crespos.

Virgens em sua maioria, os cabelos indianos raramente têm algum tipo de química ou relaxamento. A coloração também é 100% natural, sendo que a maioria das mulheres apresentam fios com base castanha e com um comprimento bastante longo – uma das características mais comuns do cabelo indiano.

Depois de chegar ao Brasil, porém, os fios indianos ainda precisam ser manufaturados. Além de um processo de higienização, é preciso passar por uma etapa de pente fino – literalmente – no qual o cabelo é penteado inúmeras vezes para que os “fios ruins” caiam, restando apenas os melhores.

Vantagens do cabelo indiano

Preço: o cabelo indiano é o mais acessível do mercado. É possível adquirir cerca de 200g por R$ 800, aproximadamente, já com a aplicação. O preço, porém, pode variar bastante, especialmente se os cabelos já tiverem passado por algum processo, como a descoloração.

Versatilidade: apesar de ser um cabelo liso/ondulado, a extensão de cabelo indiana pode ser usada em todos os tipos de fios, dos mais lisos aos mais crespos. Por ser um cabelo virgem, é possível adaptá-lo de diversas formas – inclusive, os fios indianos são ótimos para fazer permanente.

Ideal para criar loiros mais quentes: por ter uma base castanha, é possível tonalizar os fios tanto usando cores mais escuras (como o preto), quanto cores mais claras. Tonalidades de loiros mais quentes, castanhas e ruivas também podem ser facilmente atingidas.

Desvantagens do cabelo indiano

Perda de cabelo: apesar da manufatura para eliminar os “fios ruins”, os cabelos indianos de segunda e terceira linha (o chamado cabelo bruto) podem apresentar uma perda de mais de 30% dos fios. O ideal para evitar essa perda é investir em fios limpos e de primeira linha.

Ressecamento: diferente dos brasileiros, os fios indianos não são tão hidratados e apresentam falta de nutrientes. Por isso, antes de aderir ao mega hair indiano, verifique se o salão de beleza investiu em algum tratamento de hidratação na mecha escolhida.

Contraindicado para procedimentos químicos agressivos: é possível tonalizar o cabelo indiano e atingir tons de loiros mais claros. Mas, investir em uma coloração mais clara como o platinado, por exemplo, pode acabar deixando os fios emborrachados e quebradiços.

Agora que você já sabe tudo sobre o cabelo indiano, conheça também os tipos mais populares de aplique e descubra qual é a melhor técnica para alongar os fios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Horas
minutos
segundos