Vamos falar sobre feminismo?

Feminismo

Muita gente acaba se confundindo quando o assunto é “feminismo”. Nós, mulheres feministas, queremos a igualdade entre os gêneros. E quando me refiro a igualdade, quero dizer igualdade em todos os aspectos, não apenas pelo fato de homens, muitas vezes exercendo o mesmo cargo, ganharem um valor superior ao das mulheres.

Desde o período da Caça às Bruxas e a inquisição percebemos o quanto esse movimento é importante. Nessa época, muitas mulheres foram chamadas de bruxas justamente por serem livres e não seguirem o padrão imposto pela época.

Padrão que colocava essas mulheres em caixas e as faziam ser completamente submissas aos seus maridos, aos seus “patrões”. E acreditar em alguma outra coisa ou discordar do imposto para elas seria praticamente suicídio.

Tal padrão está presente até hoje. Podemos começar pelo simples fato de que uma menina que dorme com alguém no primeiro encontro não se dá valor ou “não é menina para namorar” enquanto isso é um motivo para um homem se vangloriar.

Meninas não podem sair de saia curta na rua e depois reclamar de assédio porque, afinal, elas que pediram por isso, certo? Não, errado, completamente errado. E o movimento feminista está acontecendo justamente para ensinar isso. Roupa curta não é convite.

O feminismo é praticamente uma escola formada por mulheres. Mulheres ensinam mulheres. Mulheres ajudam mulheres. Cis. Trans. Negras. Brancas. Lésbicas. Bissexuais. Mulheres. Fomos construídas em uma sociedade machista, mas agora é hora de desconstruir, mesmo que seja aos poucos.

As feministas estão aqui para impedir um relacionamento abusivo. Para parar um cara que não aceita “não” como resposta. Elas estão aqui para dar as mãos e mostrar que podemos, sim, sair com a roupa que quisermos na rua e quem nos deve respeito são os homens. Eles é que devem ser ensinados a respeitar e não nós ensinadas a não entrar no metrô de shorts.

O feminismo é importante não apenas para lutar pela igualdade de salários, mas pela humanidade. Para que menos mulheres sejam machucadas, física e psicologicamente. Para que mais mulheres percebam quando estão sofrendo atos machistas e se defendam. O movimento feminista está presente na sociedade para tornar o mundo mais humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia