Upcycling: conheça essa tendência de moda sustentável!

Criar algo novo a partir de itens que já existiam. Esse é o conceito por trás do upcycling, modelo de criação de moda sustentável que busca dar mais valor a uma peça ou objeto após um trabalho de aprimoramento. Técnica que surgiu nos anos 1990, cunhado pelo ambientalista alemão Reine Pilz, o upcycling, desde então, vem ganhando espaço e conquistando criadores e consumidores que buscam adotar hábitos mais sustentáveis de produção e consumo.

Para falar sobre upcycling, o que é e quais os benefícios da moda sustentável, conversamos com a jornalista, produtora de eventos e criadora do Makebas Brechó Nathalia Costa, mais conhecida como Nati Makebas, e Jessica Gomes, artista upycling e idealizadora da marca Singularice.

Quando e como começou essa parceria?

Em 2020, iniciamos a nossa colab em upycling onde eu faço a parte de curadoria de peças vintages, higienizo e trato para serem pintadas pela Jessica. Pensamos juntas sobre quais artes faremos nas peças, buscando sempre trazer de alguma forma o resgate africano. Criamos a Coleção Vivendo de Amor para o dia dos namorados em 2020. Através dela fizemos um editorial da coleção retratanto o amor entre mulheres pretas e ressaltando a importância da vivência do amor para pessoas pretas a partir do texto “Vivendo de Amor” da professora, teórica feminista e ativista social estadunidense Bell Hooks. Desde então, seguimos em parceria, repensando roupas e novas possibilidades de fazer moda sustentável a partir do que já existe.

O que é upcycling pra vocês?

O upcycling é uma forma sustentável de se fazer moda. Significa supra reciclagem que é um processo de desconstrução mais reconstrução de uma peça, gerando abstração completa. Ou seja, é você ressignificar uma peça sem alterar a matéria-prima dela, gerando um novo produto a partir do que já existe. Entretanto, essa técnica precisa estar alinhada ao discurso sustentável da marca que trabalha com ela. Não adianta uma marca vender um produto sustentável se não se preocupa e trabalha com os três pilares da sustentabilidade: social, ambiental e econômico.

Qual a importância do upcycling na construção da marca?

O upcycling aqui surge como uma nova alternativa de produção que reutiliza e ressignifica materiais que iriam para o lixo ou que estariam em desuso dando uma personalidade única a cada peça. É importante porque nos permite pensar infinitas possibilidades para dar originalidade a uma peça sem gerar nenhum impacto negativo no meio ambiente, provando que consumo e meio ambiente podem e devem estar em equilíbrio.”

Onde vocês buscam os materiais para essas criações?

Todas as peças que utilizamos no processo de upycling são compradas em bazares filantrópicos por diversas cidades do estado do Rio de Janeiro. É um processo que demanda tempo, olhar atento e cuidadoso para resgatar cada peça.

Quais os desafios e oportunidades do upcycling na indústria da moda?

Acreditamos que o maior desafio da técnica do upcycling consiste na mudança de comportamento e conhecimento da população sobre a importância de reutilizar. Ressignificar a forma como lidamos com o consumo se torna cada vez mais necessário para que possamos viver em harmonia com o planeta. E sobre as oportunidades são infinitas, pois através dessa técnica podemos criar mil possibilidades para aumentar o tempo de vida útil de qualquer produto, seja ele roupas, eletrônicos, móveis, etc. A grande sacada é deixar a criatividade guiar pensando sempre em reaproveitar o máximo que puder de cada produto.

No caso das grandes marcas o upcycling vem como uma solução para revalorizar antigas coleções ao invés de colocá-las a preço de custo, reutilizando a matéria-prima que seria descartada de forma indevida causando prejuízo para essas marcas e danos graves ao meio ambiente. Um exemplo é que uma grande marca esportiva começou a vender tênis usados em algumas de suas lojas nos Estados Unidos com objetivo de reduzir as pressões sobre a indústria da moda para desenvolverem produtos mais sustentáveis, reduzindo o desperdício. O programa vai aceitar tênis com poucas marcas de uso ou com falhas de fabricação. Para além da revenda de produtos usados, uma forma de utilizarem o upcycling seria depois de passar por limpeza e desinfecção, poderiam ser destinados a artistas para serem repensados e torná-los verdadeiras obras de arte. Assim, dariam um caráter único a cada produto e valorizariam diversos artistas. O futuro é upcycling!” 

Conheça o trabalho de upcycling da parceria entre Nati Makebas e Jessicas Gomes:

Upcycling moda

Upcycling fashion

Roupa sustentável

Moda upcycling

Upcycling roupas

Moda sustentável

Moda sustentável brechó

Upcycling o que é

Fotografia: @victorvieiraph
Modelos: @obirinodara @marinhogabriella
Styling: @natimakeba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Horas
minutos
segundos