O poder do não: o que aprendi com isso?

O poder do não

Você já reparou como o “NÃO” uma expressão negativa, que teve seu significado alterado pelo machismo estrutural do país – e até do mundo?

Leia também: Machismo: o que é e suas influências sociais

Quando eu digo significado alterado é porque criou-se uma teoria de que quando a mulher diz “não” ela só está fazendo charminho, ou seja, o “não” quer dizer: eu quero, mas estou bancando a difícil.

E isso não é verdade – aqui, o “não” no seu real significado, tá?! – Pelo menos para mim, pois eu penso muito bem antes de dar qualquer resposta.

O machismo fez com que nós, mulheres, nos sentissem com medo de usar essa expressão com o seu real significado, pois sempre que tentamos somos surpreendidas com deboche, agressões ou assédio. Temos nosso direito de liberdade retirado e isso traz danos para a nossa saúde mental, muitas vezes, irreparáveis.

Leia também: Assédio x Paquera: Entenda e saiba qual é a diferença

Eu vim de uma família em que a maioria é mulher: mulheres fortes e batalhadoras que nunca dependeram de homem para se sustentar. Isso me fez uma mulher forte, independente e que sabe dizer NÃO sem ter seu significado alterado. Mas, o ideal é que a gente não precise, mesmo sendo necessário às vezes, desse “apoio” familiar e, sim, que a nossa cultura seja revista e reeducada para entender que quando uma mulher diz “não”, é não!

Eu me preocupo muito quanto a isso, pois hoje sou mãe de uma filha com 2 anos e desde já estou tentando ensiná-la o poder do “não” e quais os momentos que ela deve usá-lo. Além de mãe também sou casada e ter um relacionamento onde ambos saibam o real significado do “não” é muito importante e amadurecedor, pois nós conseguimos ser livres e cúmplices ao mesmo tempo, respeitando o espaço um do outro e seus limites.

Nada de relacionamentos abusivos e opressor, temos que ser exemplos para a nossa filha, para que ela possa identificar um relacionamento ideal de um não ideal.

Leia também: Relacionamento abusivo: Como Reconhecer

Então é essa mensagem que deixo para vocês, não deixem ninguém mudar o significado da palavra “não”.

O poder do não: o que aprendi com isso?
5 (100%) 3 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia