Afinal, o que significa LGBTQI+?

Você sabe o que significa LGBTQI+ e o que cada uma dessas letras representa? Antes de entender a definição de cada uma delas, é preciso compreender outro conceito: a diferença entre orientação sexual e identidade de gênero.

Em resumo, orientação sexual diz respeito aos relacionamentos afetivos-sexuais, fazendo com que a pessoa busque se relacionar com outras do mesmo sexo (homossexual), sexo oposto (heterossexual) ou ambos (bissexual). Já a identidade de gênero se refere a forma como a pessoa se sente e quer se expressar, se do gênero feminino, masculino ou nenhum dos dois.

Agora que você tem esses conceitos bem delimitados, descubra como foi a construção e história da sigla e o que cada uma das letras representa.

Linha do tempo da sigla LGBTQI+

Em 1994, surgiu a primeira sigla para representar o movimento, que era a GLS (gays, lésbicas e simpatizantes. Em pouco tempo ela caiu em desuso, já que “simpatizantes” era muito abrangente e poderia tirar o protagonismo da comunidade e, além de excluir outros indivíduos.

Após um período, a sigla passou a ser GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros), mas que também sofreu modificações diante da pressão da mulheres dentro do movimento, que expuseram desigualdade de gênero e invisibilidade nessa escolha.

Então, em 2008, a sigla LGBT foi aprovada na 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais e vem tendo outras letras acrescidas ao longo do tempo para abarcar e representar todos da comunidade. Inclusive, o Q+ foi acrescentado justamente para englobar outras identidades de gênero e, assim, a sigla LGBTQI+ se tornou a mais conhecida, abrangente e correta.

Significado de lgbtqi
Descubra o significado de cada letra LGBTQI+

Significado de LGBTQI+

Para compreender o significado de cada letra da sigla, é importante saber que elas estão divididas em orientação sexual (LGB) e identidade de gênero (TQI+). Agora, conheça cada uma delas e, enfim, o significado de LGBTQI+:

L (lésbica): pessoa cis (indivíduo que se identifica com o gênero atribuído ao nascer) ou trans que se identifica com o gênero feminino e se relaciona afetiva e/ou sexualmente com outras do gênero feminino.

G (gay): pessoa cis ou trans que se identifica com o gênero masculino e se relaciona afetiva e/ou sexualmente com outras do gênero masculino.

B (bissexual): pessoa que se relaciona afetiva e/ou sexualmente com pessoas do gênero feminino, masculino ou outros gêneros.

T (transgênero – travestis ou transexuais): pessoas que não se identificam com o gênero atribuído ao nascer, com base nos órgãos sexuais, e transacionam para outro gênero.

Q (queer): pessoa fluida que não se identificam com o feminino ou masculino e transita entre os gêneros.

I (intersexual): variedade de condições em que uma pessoa nasce com uma anatomia reprodutiva ou sexual que não se encaixa na definição padrão de sexo feminino ou masculino (no passado, era chamado de hermafrodita).

+ (engloba todas as outras letras de LGBTT2QQIAAP): o “A” de assexualidade (pessoa que não sente atração sexual, seja pelo sexo/gênero oposto ou igual) e “P” de pansexualidade (pessoa que desenvolve atração afetiva e/ou sexual por outras pessoas, independentemente da identidade de gênero ou sexo biológico).

Há ainda algumas versões da sigla que abrangem o termo aliados (pessoas que se consideram parceiras da comunidade), agênero (pessoa que não se identifica com nenhum gênero) e andrógino (pessoa que assume postura social comum ao gênero masculino ou feminino).

o que significa lgbtqia+
Entenda o significado de LGBTQI+ e representação de cada grupo

Continue aprendendo

A criação e abrangência da sigla LGBTQI+ é apenas uma das questões do movimento político e social que busca representar pessoas das diversas orientações sexuais e identidades de gênero.

Para continuar aprendendo sobre a comunidade, confira os conteúdos abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Horas
minutos
segundos