Tipos de piercing: Modelos, dicas e cuidados

Os piercings estão cada vez mais populares e, por isso, a variedade de joias e locais de aplicação também está cada vez maior.

Esse tipo de modificação no corpo é, atualmente, sinônimo de estilo e atitude. Afinal, os piercings também são uma forma de expressão e exprimem um gosto pessoal.

Existem diversos tipos de piercing, de diferentes formatos, materiais, cores e valores. Ou seja, existem modelos de piercing para todos os gostos e estilos!

Se você está pensando em fazer um piercing, veja abaixo alguns modelos para você se inspirar e algumas dicas para cuidar bem do seu piercing.

Principais partes do corpo onde as pessoas colocam:

Piercing no nariz

piercing no nariz

Os piercings no nariz são os mais queridinhos, pois fazem muito sucesso tanto entre as mulheres, quanto entre os homens. Os modelos de piercing no nariz mais conhecidos são a argolinha e o piercing curvado com pedrinha de cristal.

Mas, além desses, existem diversos outros modelos de piercing de nariz, como os modelos “ferradura”, captive e argolas com pingente, por exemplo.

Piercing no septo

Além do piercing nas laterais do nariz, existe também o piercing de septo. Há algum tempo, esse modelo se popularizou e muitas meninas passaram a usar piercings de pressão nessa parte do corpo.

Piercing no septo

O modelo mais tradicional de piercing no septo é o ferradura, mas o modelo de argola e o indiano também estão fazendo bastante sucesso, principalmente entre as mulheres.

Piercing na orelha

Existem diversos tipos de piercing na orelha e eles podem ser colocados em diferentes partes desse órgão. Entre os locais possíveis para se colocar um piercing na orelha estão: o tragus e o antitragus, o lóbulo, a cartilagem, helix e anti helix, entre outros.

Piercing na orelha

Sim, a variedade de possíveis locais para furar a orelha é enorme e, por isso, existem diversos modelos de piercing de orelha, cada tipo de jóia se encaixa melhor com um lugar específico.

Piercing na sobrancelha

Colocar piercing na sobrancelha foi uma febre durante um período graças aos movimentos punk e hardcore, mas, até hoje, esse local é um dos mais solicitados por quem quer fazer um piercing.

Piercing na sobrancelha

Popular principalmente entre os homens, o piercing na sobrancelha não possui tantas variações de modelos, sendo os principais o vertical com bolinhas nas pontas e o captive.

Piercing no lábio

Muito comum durante o movimento emo, o piercing no lábio conquista adeptos de diferentes estilos até hoje. Geralmente, as pessoas escolhem o lábio inferior para colocar um piercing, podendo ser no centro da boca ou nas laterais e também tem o piercing no smile.

Piercing no lábio

Os modelos de piercing mais usados por quem tem piercing no lábio são o lower lip, o captive e o ferradura.

Piercing na língua

Além de colocar piercing nos lábios, muitas pessoas também colocam piercing na língua. Esse é um dos locais mais criticados quando o assunto é perfuração, pois esse órgão entra diretamente em contato com os alimentos ingeridos e, por isso, os cuidados com o piercing nesse local devem ser redobrados.

A forma mais conhecida de perfuração da língua é a que atravessa o órgão de um lado para o outro, mas também existe o piercing surface e o piercing no freio da língua.

Piercing na língua

Piercing no umbigo

Esse é um dos tipos de piercings que possui mais variações de modelos de jóias. Os piercings no umbigo são queridinhos entre as mulheres que gostam de mostrar a barriga e, por isso, existem diversos modelos cheios de adornos.

Piercing no umbigo

Se você está pensando em fazer um piercing no umbigo, os modelos de piercing de umbigo de pressão são ideais para fazer um teste.

Cuidados com o piercing

Cuidado redobrado após a perfuração

O momento após a perfuração é o mais delicado, pois é o que há maior risco de inflamação. Por isso, nos primeiros dias depois da perfuração, o cuidado deve ser redobrado, independentemente do local onde foi perfurado.

Use sempre um sabonete antibacteriano para lavar a região e use um algodão ou uma gaze umedecida com soro fisiológico ou antisséptico algumas vezes ao dia para limpar o local perfurado. Depois de limpar a região perfurada, use uma gaze para deixá-la seca.

Siga as orientações do profissional que realizou o procedimento de perfuração em você.

Sempre lave as mãos antes de mexer no seu piercing

Não é frescura! É muito importante estar com as mãos sempre limpas ao mexer no seu piercing, principalmente enquanto ele não estiver cicatrizado. Na verdade, o ideal é não ficar mexendo toda hora, mas caso precise, certifique-se que sua mão está totalmente limpa.

Cuidado para não enroscar na toalha

Enroscar o piercing na toalha é muito mais comum do que se imagina. Nos primeiros dias (e até mesmo depois de muito tempo), você pode acabar “esquecendo” que seu piercing está ali enquanto se seca e enroscando seu piercing numa toalha. Nesse momento, não se desespere. Manuseie a toalha com cuidado até que ela se solte. Mas, lembre-se: o ideal é ter cuidado para que isso não aconteça.

Cuide também da sua alimentação

A alimentação influencia em todo nosso organismo e, por isso, alguns alimentos devem ser evitados após a perfuração da pele. Evite comer carne de porco e alimentos gordurosos e dê preferência para alimentos saudáveis, ricos em nutrientes e que estimulem o bom funcionamento do seu corpo.

E aí, gostou? Então dê uma olhada nessa matéria aqui sobre tatuagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Horas
minutos
segundos