Topete: melhores cortes masculinos e tendências



Quando você pensa em topete masculino vem sempre aquele mesmo modelo na sua cabeça e você não vê nada de inovador? É aí que você se engana! O topete é um penteado tão querido que ele vive se renovando para acompanhar as tendências. Confira abaixo os principais tipos de topete que não saem da cabeça da rapaziada ultimamente.

Pompadour, o topete original

O pompadour é o “pai” dos topetes, isso porque ele foi inspirado no penteado de Madame Pompadour no século XVIII. Com o passar do tempo o styling foi popularizado por astros dos anos 50 como Elvis Presley e James Dean. O penteado é realizado em cortes com o topo mais alto do que as laterais, para fazê-lo basta modelar o topete para trás com o auxílio de uma escova e finalizar com pomada, gel ou spray fixador.

Degradê com topete estiloso

O degradê é um corte que se popularizou entre os homens nas últimas temporadas e, naturalmente, o topete foi incorporado ao modelo. As laterais com tamanho que cresce gradualmente da nuca até o topo entram em contraste com os fios longos na parte de cima. Para estilizar, basta seguir a mesma dica do pompadour.

Razor part com topete lateral

O razor part é um modelo que entrou para a moda dos cortes de cabelo com risco. Porém, nesse caso, o risco vai na parte que divide o penteado do cabelo, destacando seu styling. Com esse detalhe, que geralmente valoriza os fios para o lado, vale a pena investir em um topete também lateral. Fica super estiloso.

Topete texturizado para cabelo crespo

Para o cabelo crespo uma boa opção é apostar no visual nudred na parte do topete. Ou seja, invista em um corte com a parte frontal mais longa e texturize o seu topete usando a esponja nudred, ela tem dentes pontiagudos (ou furos) que conferem uma estilização com o que parecem dreads falsos. O look fica mega diferente e estiloso!

Topete cacheado lateral

Para os caras de cabelo cacheado esse estilo é uma boa. Basta finalizar os cachos com um creme para pentear e alinhar o topete frontal para o lado, dando destaque para o formato dos cachos. Lembrando que, para que o efeito seja o esperado, a parte frontal deve estar maior do que o resto do cabelo.

Depois de todos esses estilos de topete não dá mais para falar que o estilo está ultrapassado e batido, não é mesmo?

Avalie esse conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia