Defrizante para cabelo e protetor térmico são a mesma coisa? Qual a importância deles?

Defrizante

Você usa defrizante durante a finalização do cabelo após o banho? E protetor térmico? Se você não sabe ao certo para o que cada um deles funciona e quer descobrir a melhor maneira de usá-los na sua cabeleira, vem com a gente porque contamos tudo nessa matéria!

Qual a função do defrizante para cabelo?

Como sugere o nome, o defrizante para cabelo tem a principal função de diminuir o efeito dos fios arrepiadinhos que acabam incomodando muita gente, o famigerado frizz. Por isso, é um dos produtos preferidos para finalizar a cabeleira. Entretanto, o defrizante não tem apenas esse benefício. Além de controlar o frizz, o defrizante cria uma espécie de capa em volta do fio, selando a sua cutícula. E qual o resultado disso? Fios mais muito mais brilhantes, macios e maleáveis, o que facilita muito a ação de pranchar ou fazer uma escova usando o secador, por exemplo. É por isso que ele é super indicado antes do uso destes aparelhos. Além de ajudar reduzir o frizz e ajudar na finalização com ferramentas de calor, o defrizante tem mais uma função muito importante, que é proteger os fios das agressões causadas pelas altas temperaturas destes aparelhos. Portanto, nunca use secador, prancha ou modelador sem antes aplicar um defrizante com proteção térmica.

Existe diferença entre defrizante e protetor térmico?

Essa é uma pergunta interessante. Isso porque o defrizante, por exemplo, é um produto que ajuda na diminuição do frizz e na finalização com ferramentas de calor e, em sua grande maioria, possui tem proteção térmica. O protetor térmico, por sua vez, protege os fios das altas temperaturas, mas nem sempre tem ação antifrizz ou ajuda na finalização com aparelhos elétricos, prolongando seu efeito ou algo do tipo. A grande questão é que um pode vir sim acompanhado do outro, ou seja, um defrizante que tem proteção térmica ou um protetor térmico que promove a redução do frizz. Sendo assim, a melhor coisa quando for comprar um bom finalizador é escolher um produto que englobe todas essas funções, assim, você não precisa se preocupar com mais nada.

Como saber qual o defrizante mais indicado para os meus fios?

O defrizante pode vir em diversos formatos, ou seja, creme, spray, óleo… e a escolha vai depender, é claro, das características do seu cabelo. Confira abaixo como escolher o melhor tipo de defrizante para os seus fios.

Defrizante em creme para fios alinhados e comportados

O defrizante em creme tem uma textura um pouco mais consistente se comparado a um spray, por exemplo. Por este motivo é perfeito para você que quer aquele efeito de liso escorrido perfeito. Aplique o defrizante no cabelo úmido antes de escovar com o secador e finalize com a prancha. Nossa indicação é o Defrizante Meu Liso Muito + Liso Salon Line, que garante o efeito liso chapado, sem frizz e ainda hidrata e protege o fio das ferramentas de calor. Para as onduladas, cacheadas e crespas que querem uma finalização sem frizz e com volume reduzido, o defrizante em creme também é uma boa. Para isso experimente o Creme Para Pentear Cachos e Crespos Maria Natureza que reduz o frizz e tem proteção térmica. Ele ainda tem proteção UV, é vegano e liberado.

Defrizante em óleo se você quer fios nutridos e ultra brilhantes

Alguns óleos reparadores são também defrizantes, isso porque possuem a combinação de reduzir o frizz, deixar os fios mais maleáveis para o uso do secador ou prancha e ainda proteger a cabeleira das altas temperaturas. Um exemplo é o Óleo Reparador de Pontas Multifuncional S.O.S Cachos Coco, que possui todos estes benefícios que mencionamos. Além disso, ele ainda tem filtro UV, hidrata e nutre promovendo um cabelo mega brilhante, benefício que pode conquistar o coração das cacheadas e crespas que sofrem com o ressecamento das pontas, por exemplo.

Defrizante em spray promove um cabelo leve e soltinho

Para um efeito bem levinho, o melhor finalizador é aquele em spray, portanto, invista neste tipo de produto. Ele é ótimo para quem tem o cabelo muito fininho, para aquelas que querem uma finalização com cachos soltos, ou até mesmo ondas cheias de movimento. Falando nisso, ele é perfeito para anteceder o uso do modelador, mas não se esqueça de secar a cabeleira antes, hein!? Para as cacheadas e crespas cai bem se você for deixar o cabelo secar naturalmente ou mesmo apostar na dupla secador + difusor. Nossa indicação é o Spray Térmico Pode Vir Quente Que Eu To Podendo #todecacho com proteção térmica, hidratante, desembaraçante e ainda ajuda no controle do frizz.

Aprendendo a usar o defrizante capilar

Não tem segredo na hora de usar o seu defrizante capilar, porém, fique de olho na embalagem do produto, pois isso também vai depender do tipo de defrizante que você escolheu.

De modo o geral, é bacana lavar as madeixas com shampoo e condicionador, como de costume, e depois retirar o excesso de água com um tecido de algodão – esse material por si só também ajuda a diminuir o aparecimento do frizz.

Aplique o defrizante nos fios úmidos (alguns podem ser aplicados mesmo nos fios secos) espalhando no comprimento e pontas. Fique de olho para não exagerar na quantidade de produto, especialmente se você possui fios oleosos.

No caso das lisas, seque o cabelo com o secador e faça uma escova, se quiser. Você também pode finalizar com a chapinha para que o efeito liso fique ainda mais destacado.

Já onduladas, cacheadas e crespas podem aplicar o defrizante e, em seguida, fazer a finalização que preferirem, como a fitagem, por exemplo. Depois é só secar com o difusor ou deixar secando ao natural, se preferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia