5 hábitos que fazem os fios quebrarem

Confira 5 hábitos que você precisa evitar para não deixar o seu cabelo quebrado

Para ter cabelos bonitos, é preciso que eles estejam saudáveis. Por isso, os cabelos quebrados são o pior pesadelo de qualquer um que se preocupa com a saúde e aparência dos fios. Além do frizz e textura desagradáveis, o cabelo quebrado perde vida, brilho e permanece sempre desalinhado.

O cabelo quebrado, apesar de parecer um problema gravíssimo, é mais comum do que se imagina: ao passar as mãos pelo comprimento do cabelo, um número considerável de fios se desprendem e não chegam até o final – isso significa que você está sofrendo com a queda.

Sabemos que é normal perder uma quantidade significativa de fios por dia, mas é importante lembrar que os fios da queda capilar se desprendem da raiz, e não da metade.

A boa notícia é que os cabelos quebradiços são totalmente recuperáveis e algumas mudanças de atitudes podem auxiliar a acabar com o problema. Confira a seguir 5 hábitos que podem estar favorecendo a quebra dos seus cabelos e livre-se deles:

Lavar os cabelos com muita força

Ao aplicar shampoo e condicionador, algumas pessoas fazem muita pressão nos movimentos da mão, friccionando demais os fios. Isso causa enfraquecimento da fibra capilar e fragiliza os cabelos. O ideal é usar sempre movimentos leves e circulares. A água também deve estar sempre de morna a fria, já que a água muito quente também enfraquece as madeixas.

Pentear os cabelos de forma incorreta

Já na hora de desembaraçar, se você faz um movimento da raiz em direção às pontas, saiba que isso é um dos grandes responsáveis pela quebra dos fios. O ideal é fazer sempre movimentos lentos (porém firmes), começando sempre das pontas e subindo gradativamente pelo comprimento.

Abusar do uso de prancha, secador e modelador

Apesar de serem poderosas ferramentas de styling, o excesso de uso desses acessórios pode causar grandes danos aos fios. O calor excessivo resseca as madeixas, deixando-as mais enfraquecidas e logo, mais suscetíveis à quebra. Fora que o próprio calor pode queimar os fios e danificá-los mais ainda. É importante recorrer à essas ferramentas apenas quando necessário, e nunca abrir mão do protetor térmico.

Falta de nutrientes e vitaminas

Você sabia que, diariamente, os fios são expostos a fatores – desde a exposição à poluição até uma alimentação ruim e falta de água no organismo – que retiram nutrientes e vitaminas de sua fibra? Além de comer bem e beber bastante água, manter uma rotina de cuidados que inclui a reposição dos nutrientes, vitaminas e lipídios naturais do cabelo vai fortalecê-lo e evitar o ressecamento e o enfraquecimento da fibra capilar, os grandes causadores dos fios quebrados.

Dormir de cabelo molhado

O cabelo está mais vulnerável enquanto está molhado, por isso, dormir com ele nesse estado permite que a fricção com o travesseiro quebre os fios, que estão mais enfraquecidos. O mesmo vale para prendê-los enquanto estão molhados. Sendo assim, evite lavar o cabelo antes de dormir e se não tiver jeito, use um secador para agilizar o processo (sem esquecer do protetor térmico!).

Qual é o melhor tratamento para cabelos quebradiços?

Um cabelo forte e saudável quebrará com muito menos facilidade. Para isso, uma rotina de cuidados baseados nas suas necessidades capilares específicas já deve resolver. O cronograma capilar, com hidratações, nutrições e reconstruções regulares ajuda a repor as vitaminas e nutrientes perdidos, fortalece a fibra capilar, sela as cutículas e repara os danos causados pelas químicas e outras agressões ao cabelo.

Na hora de escolher os produtos, invista em fórmulas ricas em óleo de argan e queratina. A Máscara de Hidratação S.O.S Cachos Rícino e Queratina proporciona hidratação e reconstrução intensa para reparar os fios e fortificar a fibra capilar. A vitamina E também é um ativo importantíssimo que deve ser incluído nos cuidados capilares e na alimentação para garantir cabelos sem quebra, fortes, saudáveis e alinhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia