Quais são os tipos de mechas? Entenda sobre cada uma delas e escolha a sua!

Mechas

Você já se pegou completamente perdida quando começou a pensar sobre todos os tipos de mechas que existem? Técnicas de clareamento diferentes, variadas misturas de cores, confusão entre o que é mecha e o que não é… enfim, as dúvidas são muitas! Então para acabar com todo esse problema fizemos esse texto completinho. Falando sobre os mais diferentes tipos de mechas e também técnicas similares que sempre confundem a nossa cabecinha. Ficou interessada, né!? Então vem aprender com a gente e descobrir qual é aquela técnica perfeita para combinar com o seu visual!

Veja as principais diferenças entre luzes e mechas!

Quem é que nunca confundiu luzes com mechas, não é verdade!? As técnicas podem até ser feitas de maneira similar, mas promovem resultados distintos, basta entender quais os pontos que caracterizam cada uma delas. Os efeitos das duas são igualmente incríveis, mas o que vai ser decisivo na hora de escolher entre uma e outra é o que você busca no resultado final e, claro, o seu gosto e estilo pessoal. Por esse motivo é legal entender do que se trata cada uma delas e assim você pode decidir por aquela que é mais a sua cara. Confira abaixo as diferenças entre os cabelos com luzes e mechas.

-Mechas

É a mais comum e antiga técnica de clareamento entre os profissionais cabeleireiros. Assim como as luzes, pode ser realizada com papel ou à mão livre, descolorante e água oxigenada. Ambas também podem passar pelo processo de tonalização após a descoloração, entretanto, o resultado é ainda bem diferente entre elas. No caso das mechas, o procedimento feito proporciona linhas mais marcadas. Podendo ter mechas de tamanhos variados e em diferentes pontos ao redor da cabeça, geralmente se destacando da cor base dos fios.

-Luzes

As luzes, por sua vez, são bem mais fininhas e suaves do que as mechas. Para que elas apareçam mas, é preciso fazer uma quantidade maior dessas mechas finas, promovendo um efeito mais espalhado. Por esse motivo esta é uma das técnicas mais usadas para que morenas tornem-se loiras aos poucos, sem danificar tanto os fios quanto uma coloração global. É importante ficar atenta ao retoque, que deve ser feito por um bom profissional, pois pode manchar. Além disso, quando um retoque é feito em cima do outro por muitas vezes acaba danificando a fibra capilar tanto quanto uma coloração global. Portanto, é sempre indicado que o cabeleireiro seja procurado para que ele possa avaliar o estado do fio e a melhor maneira de exercer a técnica.

Conheça os tipos de mechas e saiba qual combina mais com você

Agora que já esclarecemos uma das maiores dúvidas que existem entre as mulheres, que é a diferença entre as mechas e as luzes, agora podemos falar de um monte de outros tipos de mechas e técnicas similares para deixar tudo bem claro. Depois é só escolher aquela que conquistou o seu coração, buscar algumas referências e levar para o seu profissional de confiança.

– Mechas escuras

Geralmente as mechas mais escuras são aquelas com o pigmento voltado para o castanho claro ou loiro escuro. Essa, certamente são as mechas para morenas que procuram iluminar o visual muito suavemente ou até mesmo criar contraste e movimento para as loiras de fios mais claros, promovendo um efeito 3D com sombra e luz. Esse resultado proporciona profundidade e harmonia tanto para o cabelo quanto para a face.

– Mechas loiras naturais

As mechas loiras naturais estão entre o loiro escuro e o claro. São bastante discretas e promovem um resultado bem “nasci assim”. Também são democráticas, pois combinam com todos os tipos de pele e cor-base do fio. Exatamente por esse motivo é que essas tonalidades são umas das mais utilizadas tanto para mechas quanto para coloração global. Ou seja, se você está querendo ficar loira com um aspecto bastante natural e com garantia de que o resultado vai ser incrível, pode confiar nas mechas loiras naturais.

– Mechas mel

As mechas mel estão bastante próximas daquelas em tom de loiro natural. A única diferença é que em alguns casos são um pouco mais claras e com o fundo douradinho. Ou seja, é a escolha ideal se você procura dar aquele toque quente e saudável para o seu look. Muito usada na técnica de morena iluminada, por clarear suavemente as madeixas com o fundo quente e cheio de vida, porém, na medida certa e sem exageros. Também serve para ser aplicada nas técnicas de mechas contour que falaremos mais para frente.

– Mechas claras

As mechas claras podem ser feitas com a nuance de loiro claro. Basicamente é aquele loiro bem padrão, próximo ao loiro dourado, ou mesmo o loiro claríssimo, similar ao loiro platinado. Tudo vai depender do efeito que você procura. As mechas claras são para aquelas que geralmente querem iluminar bem o cabelo, porém, sem aquele efeito quase branco e super destacado. Ou seja, efeito bem loiro, porém, mais natural. No caso do loiro claríssimo é quase impossível que o efeito seja suave ou discreto. Entretanto, o resultado é mega moderno e elegante, além de muito estiloso, seja em mechas ou na cabeleira toda.

– Mechas platinadas

Conforme dissemos anteriormente, as mechas platinadas são quase um loiro claríssimo. A única diferença de que apresenta aquele fundo frio e nuance platinada que faz toda a diferença. Muito se confunde entre as tonalidades platinada, pérola e champagne, por exemplo. Embora sejam parecidas, basta seguir pelo nome das nuances que fica fácil descobrir qual é qual. O platinado cai como uma luva com as mulheres que gostam de um estilo cheio de atitude ou que esbanje glamour. Cabelos curtos com mechas platinadas são uma ótima opção. Ah, não se esqueça que essa cor exige muita dedicação nos cuidados de rotina e manutenção. Nada que um pouquinho de comprometimento não resolva.

– Mechas acobreadas

Sedutoras e cheias de vida, essas são as mechas acobreadas. Isso porque elas esquentam o visual, trazendo aspecto de saúde para o rosto, além daquele fundinho cobre que é apaixonante, não é verdade!? Perfeito para trazer cor para quem tem a pele mais fria e valorizar ainda mais àquelas de base quente. A cor parece que foi feita especialmente para o verão, mas também promove um efeito aconchegante nas temporadas mais frias. Também é uma boa para aquelas mulheres que estão pensando em virar ruivas, afinal, as mechas são um bom test drive, basta escolher a tonalidade certa.

– Mechas vermelhas

As mechas vermelhas têm voltado cada vez mais com tons como o borgonha, o marsala e o acaju, por exemplo, que são diferentes tonalidade da cor original. Se você gosta de expressar seu estilo próprio no visual, esses tons são perfeitos para você. Alguns deles são mais discretos, outros mais vibrantes, portanto, converse com o seu cabeleireiro para que ele indique aquele que mais combina contigo.

– Mechas degradê

As mechas degradê têm o objetivo de alcançar um efeito bem natural, sem marcações muito fortes e com muito balanço. Isso porque a combinação de tipos de loiros, alguns mais claros e outros mais escuros promove o jogo de luz necessário para criar esse efeito lindíssimo. Se você procura mechas que não sejam completamente uniformes, porém, com um efeito bem suave e harmônico pode apostar nas mechas degradê porque você não vai se arrepender. A dica é sempre procurar um bom profissional que saiba fazer o efeito sombreado que esse modelo pede.

– Balaiagem

A balaiagem combina até três tons de loiro para criar um efeito bem irreverente. Essas mechas são feitas desde a raiz, até as pontas, alternando cores e criando um contraste bem chamativo e cheio de charme também. A técnica é realizada com uma prancha, pente de dentes largos e pincel com a coloração escolhida. Diferente das mechas comuns e das luzes, neste método não são usados nem papel e nem touca de silicone.

– Ombre hair

O ombré hair se tornou nos últimos tempos o grande amor de todas as mulheres que querem iluminar o visual, dar balanço para as madeixas ou apenas mudar o look com muito estilo. Isso porque o efeito é lindíssimo, digno de capa de revista. É claro que é preciso procurar um bom profissional para que o resultado seja satisfatório, mas isso é meio óbvio, não é verdade!? A técnica aplica mechas mais claras no cabelo começando aproximadamente há quatro dedos da raiz ou próximo da linha da orelha, dependendo do comprimento do seu cabelo. É também um ótimo investimento para você que não quer gastar muito com manutenção da raiz no salão de beleza, isso porque o retoque dessa região pode ser feito de até 6 em 6 meses. Um sonho!

– Californianas

O estilo californiana foi inspirado nas garotas da California, em especial as surfistas que passavam o dia à beira mar e acabavam com um efeito mais clarinho na ponta das madeixas, devido a ação do sol e a parafina nas pranchas. O look se popularizou mundo afora e virou febre no Brasil há alguns anos. Até hoje o visual é muito pedido nos salões de beleza, mas, cuidado! A verdadeira californiana é aquela com um efeito super natural, sem marcações ou contrastes muito fortes. Portanto, se algum profissional oferecer um trabalho diferente disso, passe longe!

– Babylights

É uma técnica muito parecida com as luzes comuns, entretanto, com um efeito ainda mais discreto e natural. Isso porque as mechas são ainda mais fininhas e com reflexos muito leves que partem desde a raiz até as pontas. As cores variam entre um a dois tons mais claros do que a base. O nome se refere às nuances clarinhas observadas em cabelos de bebê, o mesmo efeito que os profissionais tentam recriar neste modelo.

– Mechas invertidas

Lembra quando dissemos lá no começo que muitas pessoas que tem o cabelo loiro claro buscam fazer mechas com tons mais escuros para dar movimento às madeixas? Pois então, essa técnica é a de mechas invertidas. Elas também são muito usadas por quem clareou o cabelo e acabou exagerando na dose. Por meio deste método é possível trazer alguns pontos mais escuros para o visual, danificando muito menos o cabelo do que uma coloração global de correção de cor.

– Mechas contour

O efeito que nasceu no mundo da maquiagem para emoldurar melhor o rosto, criando um jogo de luz e sombra para deixar a feição mais harmônica fez tanto sucesso que veio para o cabelo também. Com as mechas contour é possível destacar aquilo que você mais gosta no seu rosto, da mesma maneira que permite suavizar detalhes não tão amados. Ou seja, o método permite afinar a face, deixá-la mais angulosa ou até mesmo suavizar estes ângulos, tudo vai depender de pessoa para pessoa e o que ela busca. A melhor opção é procurar um bom hairstylist que brinque com os ângulos e cores certas para deixar o seu visu mais lindo do que nunca dentro do que você procura.

Manutenção das mechas

As mechas loiras têm a tendência a apresentar manchas de oxidação, portanto, se você optou por um loiro mais aberto fique de olho nisso e use um shampoo matizador regularmente para corrigi-las. Indicamos o shampoo S.O.S Bomba Matizador. Para todos os outros tons como mechas acobreadas ou mechas azuis, por exemplo, o indicado é realizar um banho de brilho a cada 15 dias aproximadamente, misturando tonalizante e máscara de hidratação. Dessa forma, a cor estará sempre bonita e brilhante, evitando a opacidade observada durante o desbotamento. Entretanto, fique alerta, se as suas mechas possuem mistura de cores como as mechas degradê, 3D ou qualquer outra que combine mais de uma cor, converse com o seu cabeleireiro e pergunte se ele indica que você faça o banho de brilho em casa ou não. Assim você evita manchas indesejadas.

Cuidados necessários aos fios com mechas

Alguns cuidados são indispensáveis para quem possui qualquer tipo de química na cabeleira, como mechas, coloração global ou alisamentos. Sendo assim, certifique-se de colocar em prática essas dicas no seu dia a dia, não custa nada e vai proporcionar fios muito mais saudáveis e bonitos. Dá uma olhadinha!

  • – Use um shampoo indicado para fios tingidos, liberado ou sem sal;
  • -Evite lavar o cabelo com água quente;
  • -Diminua o uso de ferramentas de calor;
  • -Aplique um protetor térmico antes de expor os fios aos raios solares ou qualquer fonte de calor;
  • -Siga um cronograma capilar regularmente;
  • -Invista em óleos vegetais;
  • -Faça mais reconstruções capilares caso os fios estejam danificados.

Agora que não restam mais dúvidas, conte para nós aqui nos comentários quais as suas mechas preferidas!

Quais são os tipos de mechas? Entenda sobre cada uma delas e escolha a sua!
5 (100%) 4 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa Notícia